Documentário - To the Last Drop: Canada's Dirty Oil Sands

O território selvagem Canadense, encontra-se sobre o que muitos pensam ser, o maior depósito de petróleo do planeta. Um mar de areia encharcada com betume - as areias betuminosas, ou areias de petróleo. As areias de petróleo fornecem mais petróleo para os Estados Unidos do que qualquer outra fonte externa. Um século de energia segura.
Desde o 11 de Setembro, o Canadá tornou-se o principal fornecedor de petróleo estrangeiro para os EUA. É um mercado que o Canadá não se pode dar ao luxo de perder. Mesmo no coração da recessão, as areias do petróleo estavam a enviar algo na ordem de $20 bilhões por ano para a economia canadense.
Neste ponto, existem no Canadá dependentes das areias do petróleo, cerca de 450.000 postos de trabalho. As areias de petróleo são uma chave para a economia canadense. As autoridades canadianas acham que não há nenhuma parceria melhor do que a que eles têm entre Alberta e Estados Unidos.
A base da expansão das areias petrolíferas é posicionar Alberta como um dos maiores produtores de petróleo do mundo. Eles ainda mal arranharam a superfície do desenvolvimento das areias petrolíferas. Com o petróleo sujo debaixo de fogo, o executivo Ed Stelmach deslocou-se a Washington, lançando uma campanha de relações públicas de US $25 milhões com um discurso no Congresso dos EUA. O Insider de Washington, Paul Michael Wihbey, abriu o caminho nos corredores do poder dos EUA.
As maiores reservas comprovadas do mundo estão em Alberta; oito vezes o número das reservas existentes na Arábia Saudita. Como o declínio da OPEP, Alberta, Canadá ocidental ergue-se. Há uma ascendência no oeste do Canadá que é extraordinária e os políticos americanos estão a começar a reconhecer isso. Os americanos vão ser dependentes do petróleo sujo do Golfo ou dependentes do petróleo sujo do Canadá. Claro que os EUA são igualmente cúmplices em tudo. Eles são os viciados que estão comprando as drogas que o Canadá vende.
As areias de petróleo são impossíveis de ignorar. A pressão está a aumentar, para construir um novo gasoduto desde Alberta até ás refinarias do Texas. –Irá vincular por uma geração o petróleo sujo do Canadá ao mercado dos EUA. As areias de petróleo de Alberta residem sob as florestas boreais, drenadas pelo rio Athabasca que flui para o norte. Onde o rio desagua no lago, forma um dos maiores ecossistemas de água doce do mundo.
Perante a lei Canadense e a lei Imperial Britânica, esta parte de Alberta pertence ao povo Cree. A promessa mais importante do Tratado é que os índios Cree teriam o direito de caçar e pescar. Excepto agora, que ao olhar para o norte de Alberta, particularmente a nordeste, onde estão as extracções das areias, a expansão é tão vasta, a destruição da paisagem é tão extensiva, que será justo dizer que os direitos do Tratado já não tem significado porque o habitat dos animais está sendo destruído debaixo dos nossos olhos.


Parte II


 

Comentar

Plain text

  • Não são permitidas tags HTML.
  • Endereços de páginas web e endereços de email são transformados automaticamente em ligações.
  • As linhas e os parágrafos quebram automaticamente.
CAPTCHA
Para prevenir Spam, prova que és humano
9 + 6 =
Resolva este simples problema de matemática e introduza o resultado. Por exemplo para 1+3, digite 4.
By submitting this form, you accept the Mollom privacy policy.